Em busca de revestimentos mais sustentáveis

A Atotech, afiliada do Grupo Total, é uma das principais fornecedoras mundiais de produtos e soluções de revestimentos muito usados em nosso dia a dia. Os itens de decoração da sua casa ou do acabamento do seu carro, por exemplo, possivelmente possuem produtos com revestimentos desenvolvidos pela empresa. No Brasil, a Atotech está sediada em Taboão da Serra (SP) e conta com quatro modernos laboratórios com equipamentos de ponta para oferecer aos seus clientes os melhores produtos e serviços do mercado. Globalmente, a Atotech investe cerca de 10% das suas vendas anuais em Pesquisa & Desenvolvimento (P&D). As atividades de P&D são consideradas uma ferramenta estratégica para que a empresa esteja sempre na vanguarda da inovação. Assim, também é possível buscar soluções sustentáveis que atendam aos mais rígidos requisitos ambientais - hoje e no futuro.

  • brazil-proof-atotech_01_pt.jpg

    A Atotech investe cerca de 10% das suas vendas anuais em Pesquisa & Desenvolvimento

  • brazil-proof-atotech_02_pt.jpg

    Dos 4.000 colaboradores da Atotech no mundo, quase 500 trabalham com atividades de P&D

  • brazil-proof-atotech_03_pt.jpg

    Em 2014, o Brasil sediou um dos principais eventos globais de inovação da Atotech, o POP Summit

  • brazil-proof-atotech_04_pt.jpg

    Milton Silveira, diretor executivo da Atotech do Brasil, falou sobre a busca da empresa por soluções mais sustentáveis

  • brazil-proof-atotech_05_pt.jpg

    Anderson Bos, gerente de produto, apresentou tecnologias inovadoras da Atotech no segmento de metalização de plásticos

Seguinte Prev
  • brazil-proof-atotech_01_pt.jpg
  • brazil-proof-atotech_02_pt.jpg
  • brazil-proof-atotech_03_pt.jpg
  • brazil-proof-atotech_04_pt.jpg
  • brazil-proof-atotech_05_pt.jpg

Tecnologia inovadora e mais limpa

Dos 4.000 colaboradores da Atotech no mundo, quase 500 trabalham diretamente com atividades de P&D. Hoje, uma das prioridades da subsidiária da Total é a implementação de tecnologias isentas de cromo hexavalente para o processo de metalização de plásticos. O cromo hexavalente é uma substância amplamente usada em diversos processos da indústria química. Novas legislações em discussão neste momento, porém, preveem restrições ao uso dessa substância nos próximos anos. A Atotech está se antecipando a essa possível restrição e tem feito grandes avanços na busca por processos substitutos. A empresa se destaca na indústria de tratamento de superfície por já ter apresentado ao mercado uma tecnologia inovadora, que elimina totalmente o uso do cromo hexavalente no processo de metalização de plásticos. “Desde 2008, a Atotech elegeu este tema como uma meta. Em 2014, apresentamos ao mercado uma sequência 100% livre de cromo hexavalente para o processo de metalização de plásticos. No último ano, o processo foi amplamente testado em nossos Centros de Tecnologia, para ajustá-lo às mais rigorosas especificações existentes. Para 2016, já temos organizados testes em linhas de produção em alguns países, a fim de consolidarmos esta grande mudança”, conta Anderson Bos, gerente de Produto e Marketing da divisão de processos decorativos e metalização de plásticos da Atotech do Brasil.

Indo além pela sustentabilidade

O Brasil sediou, em 2014, um dos principais eventos globais de inovação da Atotech, o POP Summit (1). Durante o América do Sul POP Summit 2014, realizado em São Paulo, especialistas, clientes e parceiros puderam debater sobre a busca por soluções de revestimentos sustentáveis e as novas regulamentações ambientais do setor. “As novas legislações ambientais são uma oportunidade para pensarmos o futuro da indústria. Uma produção sustentável traz benefícios diversos, como o uso eficiente de matérias-primas, maior produtividade, menor desperdício de resíduos e um ambiente seguro dentro e fora da planta de produção”, afirma Milton Silveira, diretor executivo da Atotech do Brasil. Trazer esse tipo de debate para o Brasil mostra a importância que o País vem ganhando como mercado potencial, e que a Atotech está no caminho certo. “O encontro é a prova de que o nosso plano global de desenvolvimento sustentável está a pleno vapor, e que estamos tendo papel fundamental para ajudar a construir o futuro do nosso mercado”, conclui Milton.

1 - POP (Plating On Plastic) - metalização de plásticos

Compartilhe este projeto