Plataformas integradas de refino-petroquímica para atender à crescente demanda mundial

A Total é um dos 10 maiores grupos industriais integrados do mundo em transformação de hidrocarbonetos. Com 45 unidades situadas nos quatro cantos do mundo, nossas atividades de refino e petroquímica reforçam nosso histórico know-how e representam uma peça-chave no nosso modelo de negócios integrado. Para aperfeiçoar nosso parque industrial, investimos em plataformas que combinam unidades de refino e de petroquímica. São seis superestruturas, que nos permitem atender à crescente demanda mundial e, ao mesmo tempo, manter os custos de produção sob controle.

  • Global Proof Plateforms 1 PT-BR

    Em 2017, anunciamos o lançamento de um importante projeto petroquímico em Port Arthur, Texas, nos Estados Unidos.

  • Global Proof Plateforms 2 PT-BR

    Resultado da associação da Total com a Saudi Aramco, na Arábia Saudita, a SATORP é uma das 10 refinarias de melhor desempenho no mundo.

  • Global Proof Plateforms 3 PT-BR

    Nossa maior plataforma de refino-petroquímica da Europa, na Antuérpia, Bélgica, foi objeto de um grande plano de modernização.

  • Global Proof Plateforms 4 PT-BR

    A refinaria Laffan, operada pela Qatargas em Ras Laffan, no Catar.

  • Global Proof Plateforms 5 PT-BR

    Unidade de polipropileno da usina petroquímica da plataforma da Normandia, na França.

  • Global Proof Plateforms 6 PT-BR

    Na Coreia do Sul, nosso grupo é parceiro da Hanwha na plataforma de refino-petroquímica de Daesan.

Seguinte Prev
  • Global Proof Plateforms 1 PT-BR
  • Global Proof Plateforms 2 PT-BR
  • Global Proof Plateforms 3 PT-BR
  • Global Proof Plateforms 4 PT-BR
  • Global Proof Plateforms 5 PT-BR
  • Global Proof Plateforms 6 PT-BR

Plataformas integradas mais flexíveis

Até 2020, a demanda mundial por derivados de petróleo deverá crescer 1,1% ao ano e a de polímeros, 3,3% ao ano. Para suprir essa demanda, concentramos nossos principais investimentos em grandes plataformas ultramodernas que integram, simultaneamente, atividades de refino e de petroquímica, especialidades essas que são, tradicionalmente, separadas, às vezes por milhares de quilômetros de distância.

Muito imponentes, essas superestruturas possuem alta capacidade de lidar com uma grande variedade de produtos derivados de petróleo e de gás natural, como combustíveis, gás liquefeito ou, ainda, polímeros usados na fabricação de inúmeros produtos de uso diário. Elas também permitem uma adaptação mais rápida à evolução das necessidades dos nossos clientes, dos custos de suprimento e das normas de cada país.

Atualmente, temos participações1 em seis plataformas integradas situadas na Europa, nos Estados Unidos, na Ásia e no Oriente Médio, para fornecer energia ao maior número de clientes possível. Em parceria com a Saudi Aramco, inauguramos em 2014 a mais recente delas, a SATORP, na Arábia Saudita. Trata-se de uma das plataformas integradas mais importantes do mundo: nela trabalham mais de mil funcionários, que processam 400 mil barris de petróleo bruto diariamente.

Na Coreia do Sul, modernizamos a nossa plataforma integrada de Daesan, fruto da parceria com a Hanwha, e duplicamos sua capacidade de produção. Em abril de 2017, anunciamos a intenção de ampliar o craqueador a vapor da plataforma.

Em 2017, lançamos novos projetos na plataforma integrada de Port Arthur, nos Estados Unidos. Estamos formando uma joint venture (50% Total) com a Nova e Borealis para termos presença integral na cadeia de valor do etileno, graças à construção de um craqueador de etano de porte mundial, em Port Arthur, e de uma nova unidade de polietileno, na usina de Bayport, a partir do final de 2020. Com essa parceria, esperamos nos tornar um importante produtor de polietileno nos Estados Unidos.

Plataformas que fazem mais e melhor

Nossas plataformas integradas são concebidas para produzir uma grande variedade de recursos e componentes derivados, limitando, ao mesmo tempo, nosso impacto sobre o meio ambiente.

Juntamente com nossas outras instalações de refino e química implantadas em todo o mundo, essas plataformas contribuem para que a Total cumpra o compromisso de melhorar sua eficiência energética em 1% ao ano, em média, de 2010 a 2020. Desde 2010 houve um progresso de cerca de 9%.

Além disso, trabalhamos continuamente para reduzir a pegada ambiental de nossas instalações. Entre 2010 e 2020, nos comprometemos a reduzir em 50% nossas emissões de dióxido de enxofre no ar.

Participamos também da operação Clean Sweep®, uma iniciativa do World Plastics Council, que visa eliminar os dejetos industriais de matérias plásticas dos rios e oceanos.

Por último, novos procedimentos nos permitem continuar evoluindo para proteger o meio ambiente, como ocorre na nossa plataforma integrada da Antuérpia, na Bélgica. Antes utilizados como combustíveis nos fornos da refinaria, os gases provenientes do refino do petróleo são agora aproveitados como matérias-primas nas unidades petroquímicas, o que significa que todo esse gás deixa de ser queimado, evitando emissões de CO2.

 

1 Sozinha ou em parceria

Compartilhe este projeto

MAIS SOBRE A TOTAL

Dossiê total.com

Antuérpia: Eficiência industrial por uma energia melhor (em inglês)

Saiba mais

SATORP

Conheça o site dedicado à refinaria SATORP (em inglês)

Saiba mais

Em total.com

Principais números do projeto DAESAN (em inglês)

Saiba mais